BLOG
Diabetes e a Saúde oral
06.05.2013 // 2641 Visualizações
A diabetes mellitus pode provocar vários problemas na cavidade oral.

A diabetes mellitus é uma doença metabólica crónica que afeta a capacidade do corpo em armazenar o “açúcar” (glicose), resultando em excesso no sangue. Diabetes não controlados pode provocar problemas a nível ocular, renal, sistema nervoso, cardíaco entre outros, como a cavidade oral.

 

Pessoas com diabetes enfrentam um maior risco de: 

 

  • Boca seca (xerostomia): A diabetes não controlada diminui o fluxo de saliva, provocando boca seca. A menos quantidade de saliva pode levar a dor, úlceras, infeções orais e cáries.
  •  

  • Inflamação da gengiva (gengivite): Esta complicação da diabetes ocorre por serem lesados vasos sanguíneos, o que dificulta o fluxo normal do sangue pelo corpo, incluindo cavidade oral. Quando estes eventos acontecem, a capacidade do corpo para combater infeções é reduzida. Como a doença periodontal (gengivite e periodontite) está relacionada com a placa bacteriana, os diabéticos não controlados podem desenvolver este problema mais frequentemente e de forma mais grave.
  •  

  • Cicatrização lenta dos tecidos orais: Pessoas com diabetes não controlados têm tempos de cicatrização maiores, devido ao fluxo sanguíneo estar afetado.
  •  

  • Infeções fúngicas: A diabetes compromete o sistema imunológico (sistema que protege o nosso corpo de infeções), tornando a pessoa mais propensa a desenvolver infeções, nomeadamente, fúngicas.

 

Pessoas fumadoras diabéticas têm um risco ainda maior para desenvolver doença periodontal, várias infeções e úlceras, devido aos constituintes do tabaco que diminuem ainda mais o fluxo sanguíneo e salivar.

 

Bons hábitos de higiene oral incluem: A escovagem dos dentes 3 vezes ao dia, utilização de fio dentário e bochechos com elixir. Bem como limpezas profissionais no consultório dentário que são importantes para controlar a progressão da doença periodontal e outros problemas de saúde oral.

 

Exames dentários e periodontais regulares são também importantes para avaliação global da saúde oral e para o tratamento nas fases iniciais de doenças orais recorrentes em pessoas com diabetes.

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Últimos artigos